Adolescente cristã é condenada a dois anos de prisão na Tanzânia

 

 

 

Eva Abdullah foi acusada de profanar o Alcorão. A menina sofre perseguição desde que, há três anos, abandonou o Islã e se converteu ao cristianismo

 

 

 

Há alguns dias, uma garota de 17 anos foi condenada a dois anos de prisão na Tanzânia, após ser acusada de profanar o livro sagrado islâmico, o Alcorão. Em sua cidade natal, Bagamoyo, Eva Abdullah se converteu ao cristianismo e, por causa disso, foi deserdada por seus pais e persuadida por um grupo de radicais a renunciar sua fé.

Por ter se recusado a abandonar o cristianismo, o qual professa há três anos, Eva foi acusada falsamente de ter pecado contra o Alcorão. Muitos líderes cristãos têm medo de defendê-la temerosos de retaliações dos moradores do distrito, de maioria muçulmana.

Em 26 de julho desse ano, Eva foi condenada à reclusão por um juiz que teria sido subornado por militantes islâmicos.

Pedidos de oração

  • Louve ao Senhor pelo testemunho de Eva e peça a Deus para que sua fé seja fortalecida, independente das circunstâncias.
  • Peça ao Senhor para que Eva tenha a oportunidade de compartilhar sua fé na prisão e usar seu testemunho para fortalecer a fé de todos os cristãos que vivem na Tanzânia.

 

Tradução: Ana Luíza Vastag

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s