Panorama Mundial da Perseguição Religiosa

 

 

 

A intolerância religiosa é um dos assuntos mais abordados pelos órgãos de defesa dos direitos humanos atualmente, isso se deve ao fato de que em muitas regiões as guerras sectárias dividem nações, trazem segregação e marginalização de indivíduos por causa de sua fé, e em alguns casos, prejuízos aos seus governos.

 

 

 

Há vários tipos de perseguição religiosa, esse é um tema que não está limitado a um sistema político, econômico ou mesmo religioso, embora estas três sejam as formas mais conhecidas e organizadas de intolerância religiosa. Mas a perseguição ou intolerância religiosa, está presente também nas micro-relações como: família, profissão, vizinhos, extremistas religiosos, etc. Há uma linha muito tênue que define quando e como ocorre uma perseguição religiosa, seja ela perpretada por um governo ou por um indivíduo.

Independentemente das razões pelas quais a perseguição religiosa aconteça, e são muitas, o fato é que a liberdade religiosa tem sido negada e a evangelização é, na maioria das vezes, restrita ou proibida aos cristãos em vários países e em todos os continentes do mundo.

O número de pessoas mortas por sua fé no século passado, (20), foi muito maior do que em qualquer outra época da história da Igreja, guardadas as devidas proporções, já que o número que cristãos hoje é muito maior do que fora, por exemplo, no Império Romano.

Esse é um tema tão atual, que veículos de comunicação seculares como a revista IstoÉ, publicou em seu site uma matéria que trata da perseguição, principalmente no Egito e em outros países de maioria muçulmana.

Embora, a perseguição religiosa não seja um tema que se restrinja à esfera islâmica, essa matéria trata de uma reliadade pouco conhecida e abordada e traz números verídicos sobre a perseguição enfrentada pela Igreja de Cristo no mundo muçulmano. Clique aqui para ler a matéria.

A Igreja de Cristo continua sofrendo intolerância religiosa nos seus mais variados níveis e das mais variadas formas.

 

Fonte: Portas Abertas http://www.portasabertas.org.br/noticias/2012/06/1617890/

Tradução: Marcelo Peixoto

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s