Panorama Mundial da Perseguição Religiosa

 

 

 

A intolerância religiosa é um dos assuntos mais abordados pelos órgãos de defesa dos direitos humanos atualmente, isso se deve ao fato de que em muitas regiões as guerras sectárias dividem nações, trazem segregação e marginalização de indivíduos por causa de sua fé, e em alguns casos, prejuízos aos seus governos.

 

 

 

Há vários tipos de perseguição religiosa, esse é um tema que não está limitado a um sistema político, econômico ou mesmo religioso, embora estas três sejam as formas mais conhecidas e organizadas de intolerância religiosa. Mas a perseguição ou intolerância religiosa, está presente também nas micro-relações como: família, profissão, vizinhos, extremistas religiosos, etc. Há uma linha muito tênue que define quando e como ocorre uma perseguição religiosa, seja ela perpretada por um governo ou por um indivíduo.

Independentemente das razões pelas quais a perseguição religiosa aconteça, e são muitas, o fato é que a liberdade religiosa tem sido negada e a evangelização é, na maioria das vezes, restrita ou proibida aos cristãos em vários países e em todos os continentes do mundo.

O número de pessoas mortas por sua fé no século passado, (20), foi muito maior do que em qualquer outra época da história da Igreja, guardadas as devidas proporções, já que o número que cristãos hoje é muito maior do que fora, por exemplo, no Império Romano.

Esse é um tema tão atual, que veículos de comunicação seculares como a revista IstoÉ, publicou em seu site uma matéria que trata da perseguição, principalmente no Egito e em outros países de maioria muçulmana.

Embora, a perseguição religiosa não seja um tema que se restrinja à esfera islâmica, essa matéria trata de uma reliadade pouco conhecida e abordada e traz números verídicos sobre a perseguição enfrentada pela Igreja de Cristo no mundo muçulmano. Clique aqui para ler a matéria.

A Igreja de Cristo continua sofrendo intolerância religiosa nos seus mais variados níveis e das mais variadas formas.

 

Fonte: Portas Abertas http://www.portasabertas.org.br/noticias/2012/06/1617890/

Tradução: Marcelo Peixoto
Anúncios

Acusado de terrorismo contra igrejas é condenado, na Indonésia

 

 

 

Um dos ex-terroristas “mais procurados” pela polícia da Indonésia, acusado de fabricar explosivos que foram usados contra várias igrejas no país, como parte de uma investida anti-cristã de grupos radicais islâmicos, em 2000, foi condenado a 20 anos de prisão.

 

 

 

Umar Patek, foi condenado na última quinta-feira,(21), ao ser considerado culpado de seis acusações, incluindo assassinato, fabricação de bombas e terrorismo.

Ele foi acusado de coordenar diversos ataques a igrejas, em Jacarta, na véspera de Natal do ano 2000, como parte de um grande ataque a 25 igrejas de onze cidades, por militantes do grupo islâmico, Jemaah Islamiyah. Na época, 19 pessoas, a maioria cristãos, foram mortos.

Patek também foi condenado por fabricar explosivos que foram usados nos atentados de Bali, em 2002, nos quais 202 pessoas morreram, a maioria estrangeiros.

Os cristãos na Indonésia sofreram impiedosos ataques, de grupos radicais islâmicos, entre 1999 e 2002, nos quais mais de 6.000 pessoas morreram.

Patek era um dos terroristas mais procurados da Indonésia, passou quase uma década fugindo da polícia, antes de ser descoberto na cidade paquistanesa de Abbottabad, vários meses antes de Osama Bin Laden ser morto na mesma cidade.

Ele era o último acusado, dos  atentados de Bali, que esperava julgamento. Uns foram executados, mortos em batidas policiais, outros estão cumprindo prisão perpétua.

A promotoria pediu ao tribunal pena de morte para Patek, mas foi-lhe dada uma sentença mais branda, por ele ter cooperado com a polícia, e também por ter feito um pedido público de desculpas às famílias das vítimas, aos cristãos e ao governo.

 

Fonte: Barnabas Fund / Portas Abertas http://www.portasabertas.org.br/noticias/2012/06/1616814/

Tradução: Marcelo Peixoto

Governo destrói duas Igrejas, no norte do Sudão

 

 

 

Em 18 de junho, a Igreja Paroquial de São João, em Cartum, foi demolida por volta das 11 horas, sem qualquer aviso prévio, por parte das autoridades locais ou do Ministério do Planejamento e Habitação. O templo da igreja era demolido, enquanto os cristãos observavam impotentes. Uma Igreja Católica na mesma região também foi demolida.

 

 

 

A Igreja Paroquial de São João, uma das primeiras daquela região, existe desde 1987. Após alguns anos de pesquisa, o governo cedeu terras à população, mas à igreja nada foi concedido. A Igreja fez vários pedidos nesse sentido, mas não foi atendida. No entanto, os cristãos, através de seus próprios esforços levantaram dinheiro e construiram a igreja com chapas de ferro.

Duas meninas e um garoto foram presos porque tiravam fotos da igreja enquanto os tratores a demoliam. Mas, foram liberados no mesmo dia.

De acordo com uma fonte da Portas Abertas, as igrejas foram demolidas porque eram compostas basicamente de sulistas e já que eles foram expulsos do Sudão, as igrejas não eram mais necessárias.

“É evidente que as autoridades não respeitam os direitos dos não-muçulmanos no Sudão, eles deveriam ter dado uma alternativa à Igreja, caso o terreno fosse doado a alguém ou usado para alguma outra finalidade”.

“Outra coisa, a igreja não faz parte do Sudão do Sul. É uma Igreja Episcopal do Sudão, cujo Bispo é um sudanês (nortista)! Está cada vez mais claro que a política de um Estado islâmico está sendo implementada. O presidente já havia dito que, se o Sul do Sudão votasse pela separação, haveria, no norte, apenas uma religião, o Islã; uma língua, o árabe; e uma cultura, a árabe”, afirmou o Rev. Ezequiel Kondo, Bispo de Cartum.

“Eu protesto ardentemente contra a ação injusta tomada pelo governo local de El Shereq, e peço a devida indenização às igrejas destruídas. Eu também peço ao governo do Sudão que devolva um pedaço de terra a esta igreja, de modo que, os cristãos desta região tenham um lugar para se reunir”.

Crise Econômica

No dia 19 de junho, a polícia teve que usar cassetetes e gás lacrimogêneo para dispersar mais de 200 manifestantes em Omdurman que gritavam slogans anti-governamentais, como: “Liberdade, liberdade! Queremos mudar este regime”.

Em Kosti a polícia também usou força excessiva contra manifestantes que se dirigiam em direção à Praça da Liberdade.

Segundo a agência de notícias, Reuters, forças de segurança sudanesas entraram em confronto com manifestantes anti-governo, na sexta-feira (22), em Cartum. As manifestações se espalharam por vários bairros, geralmente pacíficos, quando centenas de sudaneses saíram às ruas, após as orações de sexta, para protestar contra o novo plano de austeridade.

Os protestos começaram depois que o governo anunciou medidas severas que aumentam significativamente o custo de vida no país.

O governo do Sudão passa por uma crise econômica causada, principalmente, pela lacuna deixada em seu orçamento, depois que o Sul se separou do restante do país e formou o Sudão do Sul. Em janeiro, o Sudão do Sul interrompeu a produção e exportação de petróleo no lado norte do país (Sudão), causando grandes perdas à indústria petrolífera do norte que exportavam o petróleo do sul a outras regiões.

Estas medidas tomadas pelo presidente Bashir, para conter a crise, inflamaram a população de baixa renda, e eles sairam às ruas para protestar.

Essa crise econômica afeta não só as relações diplomáticas entre o norte e o sul do país, mas tambem a coexistência pacífica entre cristãos e muçulmanos e entre os diversos grupos étnicos existentes ali.

 

Fonte: Portas Abertas http://www.portasabertas.org.br/noticias/2012/06/1614073/

Tradução: Marcelo Peixoto

Confessar a JESUS CRISTO

E Simão Pedro, respondendo, disse: Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo. E Jesus, respondendo, disse-lhe: Bem-aventurado és tu, Simão, porque to não revelou a carne e o sangue, mas meu Pai, que está nos céus. Pois também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela; (Mateus 16:16-18)

QUAL É A CONFISSÃO VERDADEIRA SENÃO ESSA QUE SIMÃO PEDRO FEZ? Não há outra confissão verdadeira senão essa, eu lhes digo amados irmãos(ãs). Quando fazemos essa confissão como está escrito em Mateus 16.18, Jesus Cristo edifica uma igreja, mas onde ele edifica essa igreja? Eu tenho o maior prazer de lhes dizer que é em nossos corações e diz mais em Mateus 16.19 E eu te darei as chaves do reino dos céus; e tudo o que ligares na terra será ligado nos céus, e tudo o que desligares na terra será desligado nos céus. Então amados irmãos(ãs), a confissão verdadeira é a chave dita no versículo acima, nós seremos ligados nos céus se confessarmos a Jesus Cristo e seremos desligados quando pecarmos. Mas as vossas iniqüidades fazem separação entre vós e o vosso Deus; e os vossos pecados encobrem o seu rosto de vós, para que não vos ouça. (Isaías 59:2)

PORQUE DEVEMOS CONFESSAR A JESUS CRISTO? (I João 2:22-23) – Quem é o mentiroso, senão aquele que nega que Jesus é o Cristo? É o anticristo esse mesmo que nega o Pai e o Filho. Qualquer que nega o Filho, também não tem o Pai; mas aquele que confessa o Filho, tem também o Pai. Como diz na primeira epistola de João aquele que nega a Jesus Cristo esse mesmo é o anticristo, por isso amados irmãos(ãs) que não devemos negar a Jesus, temos que confessar o nome do Senhor Jesus porque Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim (João 14:6). Se você não confessar Jesus Cristo, como você vai conhecer a verdade ou a vida ou o caminho? (João 8:32) – E conhecereis a verdade e a verdade vos libertará. Vai nos libertar de que? Respondeu-lhes Jesus: Em verdade, em verdade vos digo que todo aquele que comete pecado é servo do pecado. (João 8:34), Se, pois, o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres. (João 8:36) quando conhecemos a Jesus ele nos liberta do pecado, mas só quando confessamos a Jesus nós verdadeiramente seremos livres. Outra importante observação é que quando confessamos a Jesus Cristo, Jesus confessa-nos diante do Pai e escreve nosso nome no livro da vida, veja (Apocalipse 3:5)- O que vencer será vestido de vestes brancas, e de maneira nenhuma riscarei o seu nome do livro da vida; e confessarei o seu nome diante de meu Pai e diante dos seus anjos. e há uma alegria no céu quando um pecador se arrepende (Lucas 15:10) – Assim vos digo que há alegria diante dos anjos de Deus por um pecador que se arrepende.

COMO DEVEMOS CONFESSAR A JESUS CRISTO? Não tem nenhuma desculpa para você não confessar a Jesus, como diz em (Romanos 10:6-7) – Mas a justiça que é pela fé diz assim: Não digas em teu coração: Quem subirá ao céu? (isto é, a trazer do alto a Cristo.) Ou: Quem descerá ao abismo? (isto é, a tornar a trazer dentre os mortos a Cristo.) não tem desculpa irmãos(ãs). Veja porque não tem desculpa (Romanos 10:8-9)- Mas que diz? A palavra está junto de ti, na tua boca e no teu coração; esta é a palavra da fé, que pregamos, a saber: Se com a tua boca confessares ao Senhor Jesus, e em teu coração creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo. Tem que usar a boca amados irmãos(ãs) para a confissão e crê de todo coração na ressurreição de Jesus Cristo. (Romanos 10:10) Visto que com o coração se crê para a justiça, e com a boca se faz confissão para a salvação. Porque a Escritura diz: Todo aquele que nele crer não será confundido. Quando você confessa a Jesus Cristo você recebe a promessa que é o Espírito Santo por isso não é confundido.

ALIANÇA ATRAVÉS DA CONFISSÃO (Mateus 26:28) – Porque isto é o meu sangue, o sangue do novo testamento, que é derramado por muitos, para remissão dos pecados. (Hebreus 12:24) – E a Jesus, o Mediador de uma nova aliança, e ao sangue da aspersão, que fala melhor do que o de Abel. Jesus pelo seu sangue fez uma aliança com todo mundo, essa foi a ultima aliança que Deus fez com os homens, a aliança da remissão dos pecados, hoje podemos falar diretamente com Deus e ele conosco através de seu Filho, pois através de Jesus nosso corpo se tornou morada e templo do Espírito Santo (1CO 6:19) – Ou não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos? e quando confessamos a Jesus Cristo nós fazemos uma aliança com Deus. (2CO 6:16) – E que consenso tem o templo de Deus com os ídolos? Porque vós sois o templo do Deus vivente, como Deus disse: Neles habitarei, e entre eles andarei; e eu serei o seu Deus e eles serão o meu povo. Através da confissão Deus diz que habitará em nós e ainda mais, andará entre nós e Ele será nosso Deus e nós seremos seu povo. Esse é a aliança que hoje lhes ofereço.

(Isaías 55:6-7) – Buscai ao SENHOR enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está perto. Deixe o ímpio o seu caminho, e o homem maligno os seus pensamentos, e se converta ao SENHOR, que se compadecerá dele; torne para o nosso Deus, porque grandioso é em perdoar. Haverá dias em que o Senhor não ouvira mais, irão procurar quem pregue a palavra de Deus e não acharão, porque vem dias que não haverá mais paz na Terra, que o Espírito Santo será tirado do globo terrestre e haverá somente mal sobre a terra, porquanto não escutaram ao Senhor, não quiseram fazer a aliança com Deus, sofrerão por 3 anos e meio, muitos irão tentar tirar sua própria vida e não vão conseguir, essa vai ser a ira de Deus sobre todos que estão na terra, todos aqueles que desobedeceram sua palavra e não quiseram confessar Jesus como Senhor e Salvador. (Mateus 24:30) – Então aparecerá no céu o sinal do Filho do homem; e todas as tribos da terra se lamentarão, e verão o Filho do homem, vindo sobre as nuvens do céu, com poder e grande glória.

Porque todas as tribos da terra se lamentarão ao verem Jesus com poder e grande glória? Porque amados irmãos(ãs) tiveram a oportunidade de conhecer e de confessar a Jesus Cristo e não deram credito, não creram, estavam preocupadas de mais com a vida aqui na terra como aconteceu com Noé, veja (Mateus 24:37) – E, como foi nos dias de Noé, assim será também a vinda do Filho do homem. Jesus deu sua própria vida, pagou um alto preço, pois se fez maldito, apanhou, foi pregado em uma cruz por essa nova aliança e nós que só temos que confessar com boca, não dói, não tem sofrimento e ainda é de graça. E é tão difícil para alguém confessar a Jesus hoje em dia. Como Jesus não deve se sentir? Para alguém dizer não é hora ainda, ou eu não quero.

Pense nisso! (Isaías 59:1) – EIS que a mão do SENHOR não está encolhida, para que não possa salvar; nem agravado o seu ouvido, para não poder ouvir. Os ouvidos do Senhor ainda podem ouvir, a confissão como diz nas Escrituras é usando a boca que se confessa para a salvação. Você já abriu sua boca para confessar Jesus e creu que ele ressuscitou dos mortos? Ainda há tempo. Faça essa aliança com Deus. Que a Paz do Senhor Jesus Cristo seja presente em sua vida.

 

Por Daniel Dantas

Fonte: http://www.jesussite.com.br/acervo.asp?Id=1032