Viver no governo do ESPÍRITO

Texto: “Digo, porém: Andai em Espírito, e não cumprireis a concupiscência da carne. Porque a carne cobiça contra o Espírito, e o Espírito contra a carne; e estes opõem-se um ao outro, para que não façais o que quereis. Mas, se sois guiados pelo Espírito, não estais debaixo da lei…E os que são de Cristo crucificaram a carne com as suas paixões e concupiscências. Se vivemos em Espírito, andemos também em Espírito.” (Gl 5:16-18,24,25)

Verdade Central: Deus quer tirá-lo do nível natural e colocá-lo no sobrenatural. Este é o tempo da grande colheita do Senhor, tempo de colher todas as sementes proféticas. Você é o trabalhador da última hora, o mensageiro da última hora. Somos homens e mulheres chamados para mudar a história de uma Nação.

Introdução: Sabemos que há duas dimensões para o homem: carne ou espírito, natural ou sobrenatural. Como Igreja, precisamos viver no governo do Espírito, não podemos viver no governo da carne, pois isso não agrada a Deus que enviou Seu filho para morrer por nós e nos salvar. Precisamos entrar no sobrenatural de Deus, experimentar milagres, prodígios e maravilhas em nossa vida, família, células, trabalho…

 

Viver no Espírito

 

O espírito do homem é a lâmpada do Senhor que esquadrinha o mais íntimo da sua vida. Então, o espírito que está no homem é a lâmpada do Deus Todo Poderoso (Pv 20:27). Você tem o Espírito Santo. Você é templo do Espírito Santo. O Espírito Santo vive em você. Essas verdades não podem ser esquecidas.

Você foi chamado para viver no governo do Espírito, chamado para viver no Espírito e não satisfazer o que a carne deseja. Há pessoas que são nascidas do Espírito, mas não são libertas na alma. Elas têm uma dependência na alma e não conseguem entrar no gozo do Senhor.

A regeneração da alma logra êxito para o ser humano. A obra do Espírito é pronta, mas o que encaminha o indivíduo a lograr êxito é a libertação da alma. A libertação da alma é a libertação dos conceitos externos, de todas as flechadas que o inimigo lança para poder amarrar as vidas, de colocar as pessoas debaixo de jugos, de nunca permitir que avancem.

As pessoas vivem conceituadas, debaixo de estereótipos, elas não acreditam que os vizinhos gostam delas, que os chefes gostam delas; não acreditam que a Igreja, as células, os 12 e o contexto em que vivem possam facilitar um bom relacionamento porque possuem limitações na alma. Vivem buscando auto-afirmação, querem provar para elas mesmas que são alguma coisa quando lá dentro já tem a resposta de que não são aquilo que afirmam ser, dentro delas não ressoa a voz de uma verdade.

A Bíblia diz que para o que entra em uma guerra só há duas condições: vencer ou ser vencido; o vencido se torna escravo do vencedor. Se você estiver passando por uma guerra, tome a postura de já entrar ganhando. Você não será colecionador de derrotas. Você nasceu para ser um vencedor! Aquele que é derrotado se torna escravo do que vence. A situação deve ser sua escrava e não você escravo da situação. Porém, quem decide isso é você, de acordo com suas atitudes e posturas.

São nas pequenas coisas que começamos a detectar a quem servimos. Uma alma que não é liberta é, em potencial, escrava de todas as guerras. Uma alma que não é liberta é escrava de todas as guerras que entra porque já entra perdendo. Não há como estabelecer uma vitória porque já se torna derrotado na hora que entra no campo de batalha.

 

Libertos no espírito, mas não na alma

 

Muitos homens e mulheres de Deus são nascidos no Espírito, mas não são libertos na alma, são devedores de situações, o diabo ainda os subjuga. Quantos têm medo de ministrar libertação e cura, de se posicionar verdadeiramente em Cristo, têm medo de tantas situações… Isso mostra que Satanás ainda tem direitos legais sobre essas vidas para subjugá-las e não permitir que fluam dentro da proposta de conquista para qual foram chamadas.

Quando você nasce no espírito, esse espírito ganha a medida de varão perfeito, você passa a entender Hebreus 4:12: “Porque a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais penetrante do que espada alguma de dois gumes, e penetra até à divisão da alma e do espírito, e das juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração.”

Há uma divisão para as coisas que são da alma e outra para as coisas que são do espírito. E, para isso, é preciso haver a interferência da espada de dois gumes, haver divisão entre o que compõe a alma e o que compõe o espírito. Por que isso? Porque quem age no mundo espiritual não pode fazê-lo na vertente da alma. Uma pessoa que entra no mundo da alma, para as razões da lógica comum, na esfera natural, não pode confundir com obra do espírito. A conquista da alma tem glória humana, a conquista do espírito tem glória divina.

Deus quer abrir nosso entendimento espiritual. Ele quer que, como Igreja, não estejamos limitados apenas as conquistas da alma, mas que entremos nas conquistas do espírito. As conquistas da alma são temporárias, as conquistas do espírito são eternas. Precisamos deixar legados para os nossos filhos e netos de uma conquista extremamente espiritual.

 

Alma restaurada

 

No mesmo nível em que somos nascidos de novo precisamos ser libertos na alma. A Bíblia chama a libertação da alma de restauração, é ter uma alma restaurada. E o que é uma alma restaurada? É uma alma feliz e resolvida. É melhor ser um leigo com as emoções resolvidas do que um intelectual com pendências na alma, escondendo-se atrás dos muros, das potencialidades intelectuais que já foram conquistadas porque ainda está enfermo ou doente. Isso é um perigo porque na hora de qualquer guerra pode colocar tudo a perder.

Deus quer fazer de você um líder resolvido, plenamente sarado na alma. Você precisa saber quem governa a sua essência. Onde estão as razões da sua história? Alguns respondem na alma, outros no espírito, depende do nível que cada um está. Porém, Deus levantará uma geração que não andará mais no governo da alma, mas no governo do espírito.

O que acontece quando a alma é restaurada? Saímos da imaturidade e entramos na fase adulta, na maturidade. Líderes maduros suportam líderes imaturos e cumprem o que a Palavra diz: “Mas nós, que somos fortes, devemos suportar as fraquezas dos fracos, e não agradar a nós mesmos.” (Rm 15:1). É assim que o líder maduro procede.

A alma, na sua lógica, estimula o corpo a responder na proporção do quanto está alimentada ou do quanto ainda não foi restaurada. Porém, o espírito estimula o corpo a ser subjugado ao Fruto do Espírito para que não haja nenhum outro governo sobre nós. É preciso sair do governo da carne, do governo da alma e viver no governo do Espírito de Deus que vai gestar em nós o convencimento do pecado, da justiça e do juízo (Jo 16:8)

O convencimento do Espírito testifica em nosso espírito quem nós somos, de acordo com Romanos 8:4,5. Aquele que obedece ao comando do Espírito vive pelo Espírito e não satisfaz a carne. Quando tudo favorece para que o corpo entre em uma situação da alma, existe a liberdade de dizer não. Ainda que haja a vontade, o governo do Espírito subjuga a vontade da carne.

Quando o Espírito entra a Sua função é dominar a alma. É o Senhor quem rege o Universo. Ele é a fonte da sabedoria e a própria manifestação de Isaías 11. São os sete Espíritos de Deus entrando em operação na sua vida e o sobrenatural marcando a sua história e essência. Você será levantado como um líder 100% resolvido na alma, ágil no espírito para conquistar as benesses do Trono.

 

Andar no Espírito

 

A ordem de Deus é para andar no Espírito e não satisfazer os desejos da carne. Há uma palavra profética: Enchei-vos do Espírito Santo. Há situações cíclicas que vão e voltam e que parecem não poder ser vencidas na alma, mas em Deus tudo é possível, é possível vencer quando há uma resolução do espírito.

Quem anda no Espírito não satisfaz as vontades da carne. Deus lhe chamou para andar no Espírito, ser um líder espiritual, então não seja menos do que Ele tem para você. O Senhor está-lhe tirando do nível natural, está descortinando os céus diante de você para que haja em sua vida a compreensão de que o céu é mais forte do que o inferno.

Toda a guerra na alma gera fadiga, mas a guerra no espírito dá gozo porque o espírito entende as coisas do Espírito, porém, alguns querem vencer as coisas espirituais na alma. Não se vence o mundo espiritual na inteligência natural, tem que entrar no sobrenatural de Deus. A ordem de Deus para esses dias é vivei no Espírito.

 

Orar no Espírito

 

A edificação está na oração, no orar em línguas. É uma questão de posição. Quem ora no espírito 24h por dia na sua vida entra no mudo espiritual desbaratando o inferno, destronando principados e demônios, entrando no lugar onde Deus chama de meu lugar secreto e desejável, acorda o dom espiritual que está dentro de nós e se levanta uma geração de vencedores que não oram por estímulo, mas subjugam a carne e a alma.

A alma é tão terrível que no culto precisamos que o pastor ou o que lidera diga: Vamos orar aqui em línguas. E não é isso que Deus está mostrando na palavra porque muitos aqui não estão edificados na fé santíssima que está no livro de Judas versículo 20. “Edificai-vos na vossa fé santíssima orando no espírito”.

Hoje Deus devolverá o seu dom para que você seja edificado no espírito. Tudo que estava roubando a essência do avivamento cairá por terra, pelo poder do nome de Jesus. Você andará em constante oração como deve ser segundo I Tessalonicenses 5:23 “Orai sem cessar”.

Você deve orar no espírito em todo o tempo, principalmente quando surgem problemas. É na hora em que as coisas apertam que provamos quem somos: governo da alma ou governo do espírito. A maioria quer resolver tudo na alma, mas Deus está-nos ensinando que devemos decidir viver no espírito para que a nossa vitória seja eterna.

A Igreja de Jesus tem um legado e a obrigatoriedade de ministrar a vida no espírito. Deus está descortinando o manto profético, pois nasceu uma geração que se levanta para destronar tudo quanto o mundo traz como engano. É um despertamento espiritual, porque muitos haviam perdido a alegria no Evangelho, de trabalhar para Deus e de funcionar no Reino, estavam misturados. Agora, a Igreja se levanta no mover do Espírito com ousadia para confrontar e destronar principados e potestades.

Sabemos que na Igreja existem três classes de pessoas: as que ainda não falam em línguas, mas que em breve falarão; as que adormeceram o dom e não tem mais prazer em fluir em línguas; e as que continuam orando em línguas e buscam o dom de variedades.

E a ordem de Deus para nós hoje é o que está escrito em I Tessalonicense 5:19 “Não extingais o Espírito.”. Não devemos apagar o Espírito que há em nós, mas deixá-lO fluir em nossas vidas.

O governo do espírito em nós traz conquistas eternas e divinas. O governo da alma traz conquistas temporárias e humanas. Quem ora em línguas edifica-se a si mesmo. É tempo de retomarmos o governo do espírito sobre a nossa vida, entrar no mundo espiritual e promover edificação pessoal. À medida que você ora em línguas você constrói uma alma restaurada no Senhor.

Este será o melhor tempo da sua vida. Começará um êxito como você nunca viu. E isso em decorrência de termos saído do governo da alma, do tempo da crise de discípulos motivados apenas por elogios. Estamos no governo do espírito.

O Espírito Santo, que tem a fôrma na mão, vai curar o povo 100%. Faremos aquilo que está na nossa competência, mas a obra do Espírito é do Espírito e ninguém vai superar aquilo que só Deus sabe fazer, pois só Ele pode fazer. Deus tem um projeto para a sua vida e chegou a hora deste projeto ser realizado.

O governo do espírito chegou para subjugar o governo da carne e da alma. O espírito do homem é luz de Deus no homem para esquadrinhar toda a sua vida e iluminar todo o seu corpo. Não somos escravos dos que venceram sobre nós porque o Vencedor Invicto, Yeshua Ha Mashia, fez-nos co-herdeiros com Ele. Ele venceu e nós vencemos com Ele.

Fonte: mir http://www.mibac.com.br/estudos-m12/viver-no-governo-do-espirito-parte-1 / http://www.mir12.com.br/br/index2.php?pg=ZXN0dWRvc19kZXRhbGhlcw==&categoria=Estudos%20para%20os%2012&id=124

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s