Cristão iraniano é libertado após seis meses de prisão

 

 

 

Nos alegramos com a boa notícia da libertação, que aconteceu de forma inesperada, do nosso irmão em Cristo Fariborz Azarm. Os oficiais de Justiça também prometeram libertar outro cristão, Ehsan Behrooz, dentro de um mês

 

 

 

Fontes cristãs relataram à FCNN (agência de notícias iranianas) que Fariborz Azarm que estava na prisão em Rabat Karim, 36 km ao sul de Teerã, há mais de seis meses foi libertado no dia 11 de abril e já está em casa com sua família.

Fariborz Azarm foi preso por agentes à paisana do Ministério Islâmico de Segurança Nacional nas primeiras horas do dia em 17 de outubro de 2011. Ele foi levado para um local desconhecido e foi proibido de receber a visita de seus pais durante o tempo em que esteve na prisão. Sua família não recebia informações sobre as suas condições na prisão. A família ficou com medo de se pronunciar sobre o caso, temendo que ele pudesse ser assassinado.

Com 44 anos de idade, Fariborz é casado e tem dois filhos pequenos. Ele foi preso e mantido sob custódia injustamente. Além de Azarm, fontes disseram que na cidade, extremamente islâmica de Mashhad, a 90 quilômetros de Teerã, um tribunal islâmico prometeu que iria libertar outro cristão Ehsan Behrooz dentro de um mês.

Outro Caso

Ehsan, outro novo convertido ao cristianismo, também foi preso por causa de sua decisão de seguir a Cristo. Ele foi detido em 8 de julho de 2010, enquanto estava na companhia de um grupo de cristãos na cidade de Bojnord.

Ele estudava administração na Universidade de Mashhad e estava com um grupo de cristãos que foram detidos em uma operação secreta organizada pelo Ministério de Segurança do Estado iraniano.

O grupo preso foi então levado para a prisão Vakilabad Mashhad do Boulevard. Depois de uma semana, 8 dos presos foram libertos, mas o Sr. Ehsan Behrooz e um jovem casal continuaram presos.

Mantido sob rigorosa vigilância, a saúde física e psicológica de Ehsan ficaram muito debilitadas, mas apesar de tudo o que passou ele se recusou a deixar o país.

Cinco meses após sua prisão, nenhuma prova contra ele foi encontrada ou apresentada. A familia de Ehsan foi obrigada a guardar o sofrimento dele na prisão sob total sigilo devido às ameaças que receberam das autoridas para falar ou denunciar  prisão.

Ao mesmo tempo que nos alegramos com os cristãos iraniano pela libertação de Ehsan, devemos expressar nossa preocupação e interesse sobre outros irmãos que continuam presos na República Islâmica do Irã.

Pedidos de oração

• Louve ao Senhor porque justiça foi feita no caso de Fariborz Azarm e agora ele poderá gozar sua liberdade.

• Ore para que outros cristãos presos injustamente no Irã por amor a Cristo sejam libertos da prisão.

• Ore por mais liberdade religiosa no Irã e que mais iranianos se entreguem a Cristo.

• Peça a Deus que as prisões não impeçam os cristãos de buscar a Deus e proclamar sua palavra no Irã.

 

Fonte: Farsi Christian News Network / Portas Abertas http://www.portasabertas.org.br/noticias/2012/04/1517529/

Tradução: Lucas Gregório

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s