Líderes cristãos pedem atenção à crescente perseguição religiosa na Turquia

 

 

 

Após um pastor protestante de Istambul sofrer  atentado na Turquia, os clérigos cristãos estão alarmados com o número crescente de ataques contra líderes cristãos e falam em não abrir suas portas para estranhos

 

 

 

Líderes cristãos da Turquia manifestaram a sua preocupação quanto às crescentes ameaças que têm enfrentado após o ataque contra o Pastor Semih Serkek da igreja protestante “Lütuf” (“Grace”)  em Bahcelievler, distrito de Istambul.

“Os ataques contra líderes cristãos haviam cessado por um tempo, porém voltaram a acontecer nos últimos dias. Por medo, temos hesitado em abrir nossas portas para acolher os fiéis, disse o “Pastor Krikor Ağabaloğlu da igreja protestante armênia Gedikpaşa, em Istambul, à notícia Hürriyet Daily.

Três indivíduos não identificados atacaram e agrediram o pastor Serkek na noite de 7 de abril, logo após um culto de Páscoa. “Eram três jovens com cerca de 18 anos. Eles usavam toucas em suas cabeças. Eles forçaram a porta aberta e disseram que me matariam se eu não recitasse o “Kelime-i Şahadet ‘[a confissão da fé islâmica], ao abrir a porta recebi um golpe no meu peito “, disse Serkek. Os ataques não foram mera coincidência, de acordo com Serkek, eles fazem parte de uma série de ataques que resultaram na morte de três pessoas que eram mentoriadas por ele no leste da Turquia.

O pastor Orhan Picaklar da igreja protestante Ágape, na província de Samsun no Mar Negro disse viver 24 horas por dia, nos últimos quatro anos, com um segurança pessoal. “Agentes da polícia ficam de guarda  na porta da igreja durante o culto, os fiéis têm medo de entrar na igreja devido às constantes ameaças”, disse ele.

Uma igreja improvisada, dentro de um prédio residencial, também foi atacada há um mês, disse Picaklar, acrescentando que a congregação estava decepcionada por ter que se “esconder” em um apartamento. “As autoridades deram o aval para a construção de uma nova igreja em 2004, desde que a construção tivesse menos do que 2,5 mil metros quadrados. Não temos orçamento. Apelamos para construir uma igreja de 1.000 metros quadrados, mas até agora não recebemos aprovação”.

Ağabaloğlu disse que, no caso de sua igreja, o estado intencionalmente se recusou a conceder a permissão para a construção. ” Dessa forma eles estão tentando impedir a propagação do cristianismo no país.”

 

Fonte: Daily News / Portas Abertas. http://www.portasabertas.org.br/noticias/2012/04/1502124/

Tradução: Marcelo Peixoto

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s