Os propósitos dos milagres

Você já parou pra pensar nos propósitos de um milagre? Infelizmente, no meio evangélico, existem pessoas que se aproveitam desses sinais para fazer sucesso ou fama. Mas não é isso que queremos tratar agora.

A reflexão em questão é que o propósito maior de um milagre é autenticar a mensagem de Deus e de Sua Palavra, e não promover o nome de quem foi usado para que ele acontecesse.

Quando os milagres ocorrem, eles trazem a evidência de que Deus está em ação. Embora, é claro, muitos incrédulos achem que um milagre não acontece por causa da intervenção de um Deus, mas sim por causa do poder do pensamento ou, então, da própria fé que a pessoa tem em si mesma.

Outra questão é que muitas pessoas estão em busca de milagres por motivos egoístas. Elas não têm interesse pelo lado espiritual, mas querem curas físicas, prosperidades e riquezas. Com isso, algumas igrejas só enfatizam os milagres de Deus e outras manifestações do Espírito Santo e acabam menosprezando a pregação e o ensinamento da Palavra.

É por isso que Paulo diz em sua carta aos Coríntios: “Porque tanto os judeus pedem sinais, como os gregos buscam sabedoria; mas nós pregamos a Cristo crucificado, escândalo para os judeus, loucura para os gentios; mas para os que foram chamados, pregamos poder e sabedoria de Deus”.

Paulo não estava invalidando os sinais e maravilhas. Não é isso! Ele apenas estava querendo dizer que esses sinais, por si mesmos, não tinham poder para salvar.

Outro propósito dos milagres é dar testemunho do Reino de Deus. Isso porque cada cura e cada libertação que Jesus realizava, contribuía com o ministério Dele na terra. E da mesma forma, Jesus deu autoridade e poder sobre todos os seus discípulos para curarem enfermos e expulsarem demônios.

Ajudar os necessitados também é um propósito dos milagres, porque eles comprovam a compaixão de Jesus pelas pessoas. E o mais importante de todos, é que os milagres devem glorificar a Deus!

 

Fonte: http://www.palavradepaz.com.br/mostrartigo.aspx?id=750

Esta entrada foi postada em Artigos.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s